Loading...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Fografias de Tiago Santana.

Tiago Santana é natural do Crato- Ce. Estudou engenharia mecânica na UFC, mas não concluiu o curso. Através de um evento de fotografia promovido pela funarte foi que Santana percebeu que o seu universo era a fotografia e não a engenharia.

Trabalha desde 1989 como fotógrafo profissional trabalhando com fotojornalismo e documentação. Colabora com jornais, revistas e projetos editoriais e em paralelo desenvolve trabalhos de expressão pessoal. Frequentou cursos de fotografias ministrados por Stefania Bril e Claúdio Feijó entre 1986 e 1988.

Fundador da editora tempo d' imagem (1994) editora especializada em livros de fotografia. É diretor do Ifoto- instituto de fotografia em Fortaleza-Ce.

Foi contemplado com a bolsa vitae de arte, fundação Vitae ( São Paulo) em 1994 com o trabalho Benditos e ganhou o prêmio Marc Ferrez de fotografia, funarte (Rio de Janeiro) com o prêmio Caminhos de Fé- a visão de um pau-de-arara.

Atualmente desenvolve projetos editoriais na editora tempo d' imagem em São Paulo e Fortaleza.

Um comentário:

  1. Aula de Vôo

    O conhecimento
    caminha lento feito lagarta.
    Primeiro não sabe que sabe
    e voraz contenta-se com cotidiano orvalho
    deixado nas folhas vividas das manhãs.

    Depois pensa que sabe
    e se fecha em si mesmo:
    faz muralhas,
    cava Trincheiras,
    ergue barricadas.
    Defendendo o que pensa saber
    levanta certeza na forma de muro,
    orgulha-se de seu casulo.

    Até que maduro
    explode em vôos
    rindo do tempo que imagina saber
    ou guardava preso o que sabia.
    Voa alto sua ousadia
    reconhecendo o suor dos séculos
    no orvalho de cada dia.

    Mas o vôo mais belo
    descobre um dia não ser eterno.
    É tempo de acasalar:
    voltar à terra com seus ovos
    à espera de novas e prosaicas lagartas.

    O conhecimento é assim:
    ri de si mesmo
    E de suas certezas.
    É meta de forma
    metamorfose
    movimento
    fluir do tempo
    que tanto cria como arrasa

    a nos mostrar que para o vôo
    é preciso tanto o casulo
    como a asa


    Mauro Iasi

    ResponderExcluir